domingo, 16 de setembro de 2012

Cinza

 d-_-b Colors - Amos Lee #listening 




As vezes eu  me perco na paisagem. Sabe aquela sensação de algo foi perdido e ficou em algum lugar de onde não poderá ser resgatado?!
Em geral penso nisso nos dias cinzas, onde cheiro de maresia se torna mais forte no litoral. Morar na praia tem o seu lado bom: a brisa do mar. Talvez o único problema é que vou embora junto com essa brisa e meu corpo fica vazio e meus pensamentos,  quase sempre somem.

Na verdade, ainda não sei se devo realmente gostar dos dias cinzas. Classifico esses dias como meus dias de ausência, onde todo o mundo se torna inaudível.
Não sei se nesses dias estou feliz ou triste. Se as lágrimas caem em silêncio ou se meu sorriso reluz. Se estou vivo ou morto. Nesses dias não sei quem sou eu.

Mesmo nessa turbulência de ignorância, sei que tudo isso se resume em uma serenidade azul, de um dia cinza, formada por perguntas ausentes com respostas mudas.

3 pensando comigo.:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz domingo, setembro 16, 2012 2:29:00 PM  

sim, aparentemente peguntas ausentes e respostas mudas para a razão mas não para a alme ...

bjão

FOXX domingo, setembro 16, 2012 9:06:00 PM  

finalmente dá pra comentar...
vc tem melhorado cada vez mais nos textos.

cleber eldridge segunda-feira, setembro 17, 2012 9:52:00 PM  

gostaria que todos os dias fossem cinzas , inspiradores.

"A coerência é a virtude dos imbecis." - Oscar Wilde

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP