terça-feira, 22 de janeiro de 2013

descolorido

d-_-b  Look What You've Done - Jet #Listening




Estou deitado no meu quarto.
Escrevo muitas coisas mas, apago em seguida... tudo está tão descolorido. Meus desenhos ganharam tons de preto que recaem sobre as outras tintas, novamente, efeito descolorido.
Nossas lembranças de tom bourbon, que aqueciam meu peito, se esfriam descolorindo - e essa ainda é a pior parte. 

Meu baú de imagens em preto e branco começa a se adaptar as novas recordações frias. Sinto medo de perde-las dentro dele, mas sei que não terei forças para resgata-las sozinho. E aos poucos elas se vão.
Não queria lhe ver sem cor como tudo o que não tem importância. Você está descolorindo-se dentro de mim, prefiro te esquecer ao te ver sem vida. Nossa história, descolorindo.

Meus brinquedos de infância, sem importância somem no meu olhar descolorido. As frases de efeito, antigos clíches e meu paradigma de uma vida azul estão se esvaindo em um cinza depressivo, quase descolorido. O sépia sereno do passado, mata em uma nostalgia assassina cada uma das melhores recordações.

Agora eu choro, pela intensidade que se foi e pela recordação que não volta.



3 pensando comigo.:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz terça-feira, janeiro 22, 2013 1:36:00 PM  

tenso mas lírico!

fica bem querido se é q isto diz de vc agora ...

bjão

FOXX quarta-feira, janeiro 23, 2013 1:04:00 AM  

pena que as recordações foram as unicas coisas q ficaram...

cleber eldridge quarta-feira, janeiro 23, 2013 4:46:00 PM  

O que sobre são memórias ...

"A coerência é a virtude dos imbecis." - Oscar Wilde

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP