sábado, 24 de maio de 2008

Saudade

Saudade, Talvez a pior dor do mundo... um sentimento que consome a alma, abstrato ao ponto de ser real, e dolorido ao ponto de causar a anestesia de sua própria dor. Sentir saudades, talvez seja um carma que nós devemos carregar pela vida. Pode haver quem nunca tenha amado, mas, não quem nunca sentiu saudades; de uma pessoa, uma tarde, de um simples café da manhã, de um amor ou até mesmo de uma briguinha de namorados.
A vida nos impõe isso, talvez a saudade seja um dom, por que não?! O dom de nos mostrar o que realmente foi importante, e que algumas vezes não damos valor.
De todas as saudades, a pior de todas, e daquilo que não temos; De um amor, de uma pessoa querida que se foi, de nosso próprio coração quando se parte em mil pedaços e não há jeito de reconstrui-lo, da infância e inocencia perdida.
Fomos presenteados com o poder de fazer chover com os olhos sempre que sentimos saudades, mas, nem com todas as palavras do mundo, nem os mais sábios artistas, conseguiram exprimir em arte o que é realmente a saudade.
Uma palavra simples de 7 letras, capaz de formar revoluções.
Toda saudade é triste, mas, toda recordação é alegre. A saudade se torna contraditória, só sentimos saudades de momentos felizes, ou que ao menos achamos que foi.
Hoje eu, prefiro dizer sinto saudades, à dizer , eu não me recordo. Esquecimento, é vazio, e é sem duvidas o único remédio para saudade. Mesmo assim a saudade se mostra tão contraditória que, faz com que o ser humano prefira sentir saudades á esquecer e acabar com a dor.
Saudade realmente é um grande passo para sabermos quem somos, quem não tem saudades é vazio, não tem lembranças...
... o abismo entre a saudade e o esquecimento é muito próximo[...]
A saudade é tão contraditória, real, anestésica e importante que faz com que adoremos sentir a dor da saudade. Fico Feliz sempre que lembro de algo que havia esquecido, prefiro sempre lembrar do que esquecer...



(By Gusta: homenagem a minha Avó... que já se foi. Sinto saudades dela... seu sorriso... suas brincadeiras.. seu modo de falar comigo. E no seu pior momento, na época em que ela começou a esquecer das pessoas, ela lembrou de mim. Desde daquele momento eu prometi, nunca me esquecerei dela. "Vó Te Amo, viu!!! Olhudinha que adorava me pedir biscoito! Saudades de tudo, saudades eternas...")


>> emocionado! <<

5 pensando comigo.:

Dany segunda-feira, maio 26, 2008 2:10:00 AM  

Emocionada fiquei eu, Gusta. Vc tocou na minha ferida mais aberta, que nunca sara: a saudade.
Moro longe dos meus pais, dos meus melhores amigos e até do meu namorado. Por aí vc tira! Sou PhD em saudade!!=D
Tem dias que a dor é pior e realmente eh contraditória a dor da saudade, pois te faz sofrer, lembrando de momentos felizes!! Estranho, né?!
Mas enfim... eu tb prefiro milhões de vezes lembrar, que esquecer. Isso jamais!!
Bjs, fique bem...
E tenha um bom começo de semana!

Dany segunda-feira, maio 26, 2008 2:12:00 AM  

Ah, esqueci o principal: Liiiiindo Texto!!

;)

Kaka segunda-feira, maio 26, 2008 10:28:00 AM  

Olhaa você vai se ver cmg viu! Essa hora, plena segunda e ler sobre saudade! Um dia você acaba cmg!
Affe, lembra que ela ainda raspada o recheio do biscoito na cadeira? ou qdu ela reclamava de tudo? Quanta saudade daquela rabujice...
Nem eu sabia que ia sentir tanta saudade...
"Que cheirinho é esse?"
rsrrs
Siinto falta dos cafunés.. das conversas, até mesmo das que não tinha mto lógica... ai ai... bichinho complicado esse chamado saudade né?

beijooooo

Frederico Blahnik segunda-feira, maio 26, 2008 1:01:00 PM  

Saudade é um sentimento complicado mesmo. Eu detesto admitir que sinto saudade das coisas. Mas sinto sim.
Qnt ao post anterior da briga com o espelho, eu passo por isso todos os dias...

;-)

Menina de óculos terça-feira, maio 27, 2008 7:45:00 PM  

Sentir saudadess é horrível. É um tipo de dor que a gente não sabe muito bem onde dói. Uma dor pra qual não tem remédio, principalmente, quando se sabe que há coisas e pessoas que não voltam mais, independente da nossa vontade.
Lindo texto!

"A coerência é a virtude dos imbecis." - Oscar Wilde

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP