segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Eu voltei para ficar pois aqui é meu lugar.


Minha memória anda me deixando na mão faz algum tempo. Mas, não é por isso que eu não posto nada a tempos no blog (risos). Muito pelo contrário, eu estou esse tempo todo sem postar nada por que estava pagando uma promessa. Vou explicar tudo o que aconteceu para eu sumir assim.

De tanto eu questionar, por que nunca me apaixonei, quando menos esperei me apaixonei, ou cheguei próximo. Me apaixonei por uma amiga do blog Mundo Gusta, foi um lance especial demais. Sabe quando há química de ambas as partes? Éramos nós. Nos correspondemos por mensagens de celular, ligações, msn, orkut e principalmente pelos nossos blogs.
Foi mágico e tinha tudo para dar certo. Se não por um motivo, morávamos longe demais. Eu Rio e ela em Minas. Todos devem estar se perguntando: “Isso é impedimento para se viver um amor?”. Eu os respondo, que sim, é um grande problema, pois ambos estávamos em ascensão em nossas carreiras, e não poderíamos abrir mão de nossas vidas profissionais para viver isso tudo. Eu não podia sacrificá-la em minha ausência diária, entre meu trabalho e faculdade, e fins de semana cheios de trabalhos.
Bom, tive que tomar a decisão mais fria da minha vida, pensei nela e em mim, sei que se morássemos perto seria diferente. Não deixei que se tornasse real ao ponto de ser tocado tudo aquilo que sentíamos.
Eu tive que tomar a decisão mais louca do mundo, contrariei meus princípios de romântico assumido. Eu abdiquei o amor.
Terminei tudo da mesma forma que começou, com as palavras. Só Deus sabe o quão difícil é magoar quem a gente gosta, e eu sempre pensei que isso só acontecesse em novelas.
Ela no inicio me tratou da pior forma possível e disse coisas que realmente nunca iria esquecer. Foi aí que veio a promessa. Prometi que só voltaria apostar no blog novamente quando esquecesse as palavras ditas por mim e por ela. Prometi que só voltaria escrever quando ela começasse a se curar de mim, eu realmente estava me sentindo uma doença. Eu acompanho o blog dela sempre, já cheguei a chorar algumas vezes com o que ela escreveu pensando em mim, no amor que ela demonstra sempre. Pensei varias vezes em mandar um comentário dizendo “Estou aqui!”, mas consegui cumprir meu prometido. Retornei pois esqueci a mágoa e as palavras ditas, mas sei que aqui no fundo ainda ainda ficaram as coisas boas daqueles momentos, porém somente lembranças boas...
.
História complicada para uma primeira paixão ?! (risos)
.
.
P.S.: Estou de volta...
.
.
.
"Ninguém pode ter tudo, veja ...
Tenho que fazer o que eles querem que eu faça
E eu não posso deixá-los mal...Eu jamais serei feliz."

Excuses - Alanis Morissette

28 pensando comigo.:

Dany segunda-feira, novembro 10, 2008 4:28:00 AM  

Gusta, meu amor.... que bom que vc voltou! Achei q vc tivesse abandonado tudo de vez, pra sempre... bom saber que está de volta!
E será que essa mocinha que tanto abalou seu coração é quem eu estou pensando?! Hummmm...
Bjs e bem-vindo de volta ao mundo bloguístico!
=***

Dama de Cinzas segunda-feira, novembro 10, 2008 8:35:00 AM  

Eu tive duas paixões na net, uma começou em blog e foi muito complicada. Outra começou numa lista de debates e foi uma das paixões mais intensas da minha vida. Muito parecido com o que aconteceu contigo. Ele em Sampa eu no RJ, não tínhamos como abandonar nossas vidas profissionais! Uma hora tudo ficou tão dolorido que foi melhor acabar! Hoje em dia procuro não permitir que isso aconteça de novo, se bem que seja impossível controlar!

Beijocas

C.L. segunda-feira, novembro 10, 2008 12:45:00 PM  

Que história triste, Gustas.
Nunca tive paixões que tiveram início virtualmente, mas à distância, sim. E não deu certo, realmente, por mais que os dois quiséssemos muito.
:(
E sofrer por amor...bom, perto ou longe a gente sofre sempre, um monte, mesmo acompanhados. Em meu blog qualquer um encontra mil e um textos sobre isso. E são todos reais, claro. Da minha vida ou não.

De qualquer forma, fico muito feliz que você tenha voltado. MEsmo. Adoro seus textos e já estava com saudades.

BEijos!!!

Daniele terça-feira, novembro 11, 2008 10:53:00 PM  

Olá!
Muito legal a forma como escreve!
Eu diria que o que vc vivenciou foi muito complexo e ao mesmo tempo intenso... Pena que o desfecho da história foi assim...
Excelente semana!

Menina de óculos quarta-feira, novembro 12, 2008 2:15:00 PM  

Gusta..

Eu fico feliz pela sua volta. Lamento que sua relação não tenha dado certo. Mas tenho certeza que em breve o amor bate por aí novamente. E dessa vez, eu espero que seja um amor facinho, facinho, leve e sem complicação.

Um abraço apertado!!!!

:: Fatima :: quarta-feira, novembro 12, 2008 2:20:00 PM  

Seja bem vindo meu lindo!
Sentir falta de seus posts!
Tava até com saudades Gusta!

Bjoss=)*

mother quinta-feira, novembro 13, 2008 2:22:00 AM  

Obrigada pela visita...
Mais como essa mineira te abalou heim?
Olha levante-se e viva sua vida,vc é muito novo, e ainda tem muita vida pela frente, só não esqueça do seu amor próprio, não vive pelas atitudes dos outros e sim pela sua, se vale a pena viver este amor VIVA enquanto dure, ainda mais que é correspondido,,,
Que fofo as coisa que vc escreve não tem vergonha de expressar seus sentimentos isso é muito legal...Amo Alanis Morissette tbm pois meu marido me ensinou a gostar dela e temos uma música do tempo de namoro ouvimos ela até hj e te falo passamos por muitas coisas e hj somos felizes e nos amamos muito...
Minha música preferida dela é
(That I Would Be Good )Rsrsrs



Obs:Me desculpe pelas palavas:


Volte sempre!

Abraços

Joyce quinta-feira, novembro 13, 2008 2:44:00 AM  

Oi Gusta!!!!
Que ótimo que está de volta!!!!
Pena não ter dado certo,mas não fica triste.Pois logo o amor chega novamente,aí vai ser para valer!

Beijocas!!!!
Paz!!!!

Patricia quinta-feira, novembro 13, 2008 10:28:00 AM  

Ás vezes a distância fica mais longa devido nossa vida conturbada, sei bem o que essa distância Rio e Minas signifiica. rsrs
Lindo d+ vc ter essa visão de que dói magoar quem gostamos.
A vida sabe realmente que caminho seguir e se esse amor for verdadeiro o destino coloca vcs dois em sintonia novamente.
Estarei torcendo e vokltarei sempre aqui, adorei seu espaço.

Obrigada pela visita.

Beijosss!!!

Mila quinta-feira, novembro 13, 2008 8:03:00 PM  

Posha, que triste :(
Pena que acabou mal, mas outras virão (:

:*

Negâ sexta-feira, novembro 14, 2008 11:32:00 AM  

Nossa que "Paixão" pena que a distancia seja um empecilho a nossa felicidae, mas o mundo da voltar talvez por ironia ou não do destino vocês consigam se encontrar em alguma esquina .Fico feliz por ter guardado o que de bom ficou no seu coração.

♥ღ♥ Joh ♥ღ♥ sexta-feira, novembro 14, 2008 11:43:00 AM  

que bom que estás de volta! me senti abandonada por vários momentos. e creio que não só eu, mas todos os seus leitores. mas como você disse que depois explicaria o motivo do seu desaparecimento, fiquei na espera da sua volta. ótima notícia saber que você agora está de volta. uma pena a história não ter acabado juntos. não digo que o final foi triste, afinal, li em algum canto que, se o final não foi feliz, é porque ainda não chegamos ao final. pode ser o seu caso. boa sorte na busca pela sua amada. Beijos e bem vindo novamente!

Cáah sexta-feira, novembro 14, 2008 4:35:00 PM  

cara brigada pelo que tu me envio, eu fiquei bem feliz!
talvez eu venha a postar sim, só que minha vida esses meses ta de pernas pro ar..

e bem vindo né!
tinhas dado um tempo, e tenho certeza que eu e mais um monte ta feliz de te ve de volta!
Beijão!

Euzinha sexta-feira, novembro 14, 2008 5:35:00 PM  

Li teu blog e procurei o outro... vcs me lembraram Cazuza e Bebel Gilberto em "Eu preciso dizer eu te amo".

Quem inventou a distância, realmente não sabia o que era saudade, né?!

Beijo e bom final de semana

Natália sexta-feira, novembro 14, 2008 5:53:00 PM  

Meu Deus, Gusta! Que coisa mais linda! Por mais triste que seja... Nunca vi algo parecido.

E entendo totalmente sua decisão de ausencia no blog, e acho que vc fez certo. Mas, eu pensei mesmo que vc tinha desistido.

Quanto ao La traviata, eu decidi excluir mesmo, para fazer algo mais sucinto, mais básico.


Estou de volta tb! Rs... Ve se não some!


Bjos e td de bom!

Dinha sábado, novembro 15, 2008 10:23:00 AM  

Nossa, eu quase chorei com o seu post! (Estou muito emotiva ultimamente). Já passei por uma fase como a sua, eu tinha um blog e eu acho que meu grande amor na época também o lia e como ela, eu também falava muito a respeito das coisas que eu sentia! Acho que por isso quase chorei.
Estou mais cética para o amor! Queria retornar ao começo, quando eu acreditava em coisas e romantizava tudo! Não sou amarga (talvez eu seja), mas achei lindo mesmo da sua parte! Disse não a um carioca que eu namorei por mais de um ano, ele morava no Rio, eu aqui em Sampa, foi bastante complicado, moramos juntos por um tempo, mas tive que renunciar como vc fez! É impossível se relacionar com uma pessoa que vive tão longe!

Beijos

Nicole sábado, novembro 15, 2008 2:05:00 PM  

Não tive como conter as lágrimas.. Estou vivendo isso, depois de meses e de promessas e juras de amor, ele resolveu terminar tudo. Como é complicado...
Sorte.

Diego! sábado, novembro 15, 2008 8:23:00 PM  

Paixões são sempre complicadas. Mesmo quando é com a vizinha.
Sei como é isso de sentir-se como doença. Sei muito bem.
Esses dias escrevi meu primeiro post apaixonado. Depois fui ver que nem tão apaixonado assim ele era.Acho que foi a distância.Te entendo amigo!
Até...

Daniel domingo, novembro 16, 2008 7:58:00 PM  

Hum! Paixão é forte demais! Mas, relacionamento amoroso à distância, nunca vi dar certo! Paixão contamina todas as áreas da vida e é bom ser um pouco sábio antes de perder a cabeça. Lendo suas palavras, sinto que fez o certo! =)

Quanto ao meu sonho, é simplesmente nunca parar de evoluir e descobrir o verdadeiro potencial do mundo! Principalmente no que tange às coisas sobrenaturais. *.*

Euzinha segunda-feira, novembro 17, 2008 9:18:00 AM  

eu sou a pessoa mais curiosa que eu conheço - hehehehehehe
fui atrás mesmo, achei o blog dela (que pelos comentários do outro post nem é difícil de achar) e li tudo que ela escreveu sobre e para ti.
Cazuza e Bebel... desse jeito mesmo...

Fabiolafas segunda-feira, novembro 17, 2008 11:58:00 AM  

Nossa, que linda história... pena que terminou assim...
Mas a vida é um aprendizado constante, apesar de triste, creio que vc tenha aprendido algo de bom...

Parabéns, Amei seu blog!!
Irei visitar sempre que possivel!
Boa semana!! Bjinhos!!

Betty segunda-feira, novembro 17, 2008 3:27:00 PM  

É ruim mesmo, eu sei :/ abdicar o amor... deve ter sido dificil né ? não sei se sou a melhor pessoa a escrever sobre isso pois sou meio desiludida com o amor, mas acho q por mais difcil que foi tomar essa decisão voce fez o que achou certo e quem sabe depois, mais tarde, vcs não se encontram novamente ?!?!?
abraços
betty

O ANTAGONISTA segunda-feira, novembro 17, 2008 9:04:00 PM  

Cara, seu blog é muito legal. Pelo que vi e li, rapidamente, os textos são interessantes e bem escritos...

Obrigado pela visita! E, quanto a mim, voltarei sempre por aqui.

Valeu, abração!

Kaka terça-feira, novembro 18, 2008 10:48:00 AM  

Meu caro, não é a história que é complicada, você que é complicado demais!
hsuahsuihaiusha
Desde que me conheço e te conheço por gente você é assim....

beijooo

Camila terça-feira, novembro 18, 2008 1:29:00 PM  

Acho que poucas pessoas entenderam a história. E sabe... não é que sinto dor... mas dói saber que passou.
Enquanto você chorava ao ler eu chorava ao escrever o que sinto. Gustavo... acho que nunca irei esquecer... as palavras lindas e fofas que você disse e nem as duras e dificéis também.
Li os comentário e muita gente disse que você fez o certo, porem, sinceramente não sei... e penso que jamais saberei!rsrs
Também disseram que logo, logo você encontrará outra... ai ai!
Apenas hoje tive coragem de comentar este post. Fiquei chocada ao saber disso tudo. Saber que está "curado" e que já não sente. Que eu passei... sendo eu que nem sabia que havia chegado ao seu coração.
Tanta coisa passou, né?!
Mas eu continuo aqui... torcendo por você e pela sua felicidade.
Se cuida, tá?.
Um abraço.
"Até mais"

Camila terça-feira, novembro 18, 2008 3:32:00 PM  

Sabe... esta mineira aí tem muita sorte!
E por isso sei que você não sairá da vida dela assim... tão fácil!
rsrs
Beijos

C.L. quarta-feira, novembro 19, 2008 2:48:00 PM  

cadê você e seus textos?
beijos.

Thiago Brummer quarta-feira, novembro 26, 2008 5:38:00 PM  
Este comentário foi removido pelo autor.
"A coerência é a virtude dos imbecis." - Oscar Wilde

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP