quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Disappear

.

.


.
.
O entardecer começa a surgir, apesar de nublado, as cores do céu ainda mexem comigo. Uma sensação nostálgica invade minha mente. Tento lembrar o passado, mas não consigo, parece que estou com algum tipo de bloqueio, e minhas lembranças, por hora, estão perdidas. Desaparecendo.
Quero ficar sozinho, e agora que estou, quero alguém comigo. Minhas controvérsias me irritam as vezes. Começou a ventar, o balé das folhas verdes me encantam e me distraem.
E minhas controvérsias, não mais lembro. Desaparecem aos poucos.
É irônico, como tudo pareça tão irônico sempre. Na minha mente o lindo balé das folhas tornam-se gargalhadas impiedosas e barulhentas.
Estou entediado de tudo isso.
Fecho os olhos, e eu finjo desaparecer novamente.





.

22 pensando comigo.:

Luciana quarta-feira, dezembro 16, 2009 11:33:00 AM  

Teu texto me lembrou uma cena de "Beleza Americana"... onde o personagem grava um saco plástico sendo levado pelo vento. De uma beleza incrível... assim como o teu balé de folhas.

Somos irônicos e controversos, só precisamos aprender a lidar com isso.

Beijo, Guh.

J. M. quarta-feira, dezembro 16, 2009 12:44:00 PM  

Poxa, é mesmo Luciana! Adoro aquela cena do filme...achei tão simples e perfeita! Adoro o balé das folhas carregadas pelo vento. Adoro o vento, principalmente quando do nada ele surge forte, devastador, bagunçando a vida de todos. Fico encantado, mesmo sabendo dos perigos, mas ainda assim fico encantado...
Cheio de sensibilidade, como sempre... Forte abraço, Gusta.

Paulo Braccini quarta-feira, dezembro 16, 2009 1:31:00 PM  

eita guri complexo e confuso ...

mas o q escrevestes é maginificamente belo ...

PS: http://www.youtube.com/watch?v=vH4nyP5uQKo&feature=player_embedded

este é o link do vídeo q eu postei hoje [youtube]

bjux

;-)

FOXX quarta-feira, dezembro 16, 2009 2:04:00 PM  

como historiador, o passado é o momento que eu vivo...
porém de qualquer forma eu acredito que só existe o passado, pq o futuro não aconteceu ainda, e o presente é tão efêmero, é só um segundo, qndo eu clicar em POSTAR COMENTÁRIO isso tudo aqui será apenas parte do meu passado... somos somente isso... passado!

N.Xavier quarta-feira, dezembro 16, 2009 3:29:00 PM  

Esquecer é uma benção. Desaparecer-se de tudo as vezes é necessário...

Mega saudade de comentar! hehehehe

Bjus e td de bom!

Athila Goyaz quarta-feira, dezembro 16, 2009 6:51:00 PM  

"Quero ficar sozinho, e agora que estou, quero alguém comigo."
ótima frase!

Jay e Alê quarta-feira, dezembro 16, 2009 7:27:00 PM  

Guh,
Eu entendi o que ele quis dizer huahauhuahuaua.
Ele tá certo.
O que você escreveu é lindo, muito bonito, mas lembrar o passado só pode nos entendiar ou por saudade, mágoa ou angustia. Ainda bem que nosso desejo de ficar só é sempre substituido por aquele de ser acompanhado.
Brigadão pelos toques, me fez bem.
Bju.
Jay

Gusta Fernandes quarta-feira, dezembro 16, 2009 7:35:00 PM  

pelo menos consegui fazer alguém bem hoje,
por que queria apagar dia 16/12/2009 da minha mente. Talvez desaparecer.

Cαmilα ♥ quarta-feira, dezembro 16, 2009 7:47:00 PM  

Desaparecer, as vezes é o que eu desejo! Mas o desejo desaparece quando lembro de todos que deixaria para trás.
Folhas ao vento são tão lindas, quando eu te levar ao Santuário do Caraça você vai ficar encantado! Prometo.

E não, não desapareça... morreria de saudades!
BeijOs Guh


Ps. Nem me fale do dia de hoje...
Acho que contribuir para piorá-lo, neah?! Desculpa de novo! (L)

HSLO quarta-feira, dezembro 16, 2009 11:08:00 PM  

A imagem um pouco triste, o texto é brilhante.

abraços

Hugo

@philipsouza quarta-feira, dezembro 16, 2009 11:27:00 PM  

Vc ne Gu sempre seixando a pensar....o que sera que ele pensa ou está pensando???...o q sera???

e te convida para o Mob Brasil que o Entrando mais o Grama Azul estaremos fazendo sabado...peço que participe e divulgue com todos para unirmos em um so..O tema 2010 e temos noção de como a galera pensa....
conto com vc...para detalhes no entrando numa fria..

abraços

Arthur Alter L. quinta-feira, dezembro 17, 2009 11:08:00 AM  

Gustavo,
Vc é sempre intrigante em seus posts, isso é bom nos deixa a pensar. Nossa vida é marcada por momentos que queremos aparecer e desaparecer. A diferença nas duas situações é o motivo pelo qual queremos agir assim. E o mais engraçado, no meu ponto de vista, é que, quase sempre nas duas situações a gente sempre toma, a gente mesmo como referêcia. Isso me parece incoerência de nossa parte. Sabe pq? sempre e definitivamente, deixamos os outros nos motivar. Até parece que só podemos ficar bem se alguém nos fizer bem. E nossa auto-motivação não conta? Eu já passei muito por isso e acho que até antes de morrer vou passar muitas vezes, normal né? Como ser humano isso é super normal. Sabe de uma coisa? Um dia vistando um blog sobre amor e amizade eu li a seguinte frase: "O pior dia de minha vida? Aquele do qual não tenho lembrança." Nunca me esqueci disso. Acho isso muito coerente e a partir daí, não me importa mais o que aconteça, não quero ter um pior dia em minha vida. Quero me lembrar de tudo. Sejam coisas boas ou não. A vida é feita de retalhos de tudo que é bom e ruim e é isso que a torna bonita e encantadora.
Noooosa enfim, escrevi mais que seu post. Péssimo hábito esse meu.
Mas é isso.
Abraço cara.

Arthur Alter L. quinta-feira, dezembro 17, 2009 1:12:00 PM  

É talvez seja essa nossa diferença. E você está certo, fugir, no meu ponto de vista é covardia. A gente foge, mas não escapa da lembrança. Nem evita as dores. Por isso prefiro encará-las. Se você realmente encontrar um meio eficaz de fazer as dores do passado não causar incômodo, divida essa descoberta comigo. Eu tenho dores e mágoas das quais eu gostaria de esquecer pra sempre. Mas acredito não ter como. Só se eu desappear, de fato e fisicamente. Há como além da morte?
Acho que só a morte vai me livrar de minhas angustias e dores do passado. Não, não pense que eu fico remoendo isso. Não definitivamente. Ficam lá trancadas no quarto escuro de minha vida. Mas estão lá. E o fato de eu deixá-las lá trancadas é que me dá segurança de voos novos.
Enfim, é bom partilhar isso com vc.
Um abraço forte.

Arthur Alter L. quinta-feira, dezembro 17, 2009 3:57:00 PM  

É exatamente isso Gustavo. Lembranças. Lembre-se disso.
Enfim fico feliz que alguém tenha te ajudado e perceber o que de alguma forma eu queria e não consegui. Pode acreditar que tb ja te considero um amigo.
Abraços

Cαmilα ♥ sexta-feira, dezembro 18, 2009 1:25:00 PM  

Meu pirracentozinho mais fofo do mundo!
Uma linda sexta-feira pra ti.

BeijOs da Elfo Macia ^^

Luna Sanchez sexta-feira, dezembro 18, 2009 6:36:00 PM  

Ficar na própria companhia é um exercício de paciência e humildade, né, Gusta?

Não é fácil.

Beijos, dois.

ℓυηα

Paulo Braccini sábado, dezembro 19, 2009 10:13:00 AM  

por onde andam as resoluções seu "louco" kkkkkkkkkkk

bjux

;-)

Paulo Braccini sábado, dezembro 19, 2009 12:32:00 PM  

como um blog tão equilibrado poderá gostar de um "louco" eim? eim? hihihi ... e a pergunta que não quer calar continua a gritar!!! cadê? cadê? cadê as resoluções?

ah neimmmmmmmmmm!

droga!

;-)

Paulo Braccini sábado, dezembro 19, 2009 2:32:00 PM  

ok ok ... vamos dizer que vc é só um rapaz complexo ... de qualquer forma vou perguntar para a "cabeça dura" da minha amiga pulga ... hehehe

;-)

depois te conto qual análise ela fez da saga das RESOLUÇÕES ...

Dany domingo, dezembro 20, 2009 12:46:00 AM  

Será q todas essas controvérsias não estão acontecendo devido ao período (fim de ano, época de fazer um balanço de tudo q aconteceu, do que não aconteceu... enfim)?!
Nessa época eu sempre fico nostálgica tb... e sempre esperançosa, ansiosa e sonhadora! Não custa imaginar q o ano que virá será bemmmmm melhor que o que passou, né?!
Bjo, boas festas e um feliz 2010!

Erica Ferro segunda-feira, dezembro 21, 2009 7:11:00 PM  

"É irônico, como tudo pareça tão irônico sempre."
Também acho.

Viver é uma tarefa árdua em certos momentos.
Cansa e desespera.

Beijo.

terça-feira, dezembro 22, 2009 12:34:00 AM  

Quero ficar sozinho, e agora que estou, quero alguém comigo

A gente é sempre uma contradição..
Gostei daqui ;-)

"A coerência é a virtude dos imbecis." - Oscar Wilde

  © Blogger template 'Morning Drink' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP